A informação a todo momento

BAHIA FAZ PRIMEIRO TRANSPLANTE DE PULMÃO

28/11/2015 21:43

Um transplante inédito de pulmão na Bahia, realizado ontem num hospital público do estado, no caso o Ana Nery, situado no bairro da Caixa D’Água, em Salvador, e um transplante de coração, o primeiro numa unidade de saúde pública no território baiano, movimentou cerca de 50 profissionais para a realização dos procedimentos e envolveu até um helicóptero.  

Os nomes dos pacientes, adultos entre 30 e 40 anos, que permanecem na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) não foram revelados.

“Tudo ocorreu como foi planejado e a equipe do hospital está de parabéns. É importante saber que esse é um dos primeiros transplantes e é natural que isto vá se aprimorando com o passar do tempo”, disse à Tribuna o cardiologista Luiz Carlos Passos, diretor do Ana Nery. O médico André Sanchez, responsável pelo programa de transplantes cardíacos da unidade comandou a operação.   

“É difícil um doador. A pessoa estava a um mês na fila para receber um pulmão, que vai lhe permitir ter uma vida melhor. Claro que um transplante deste não ocorre toda semana, mas começará  a fazer parte da rotina do hospital. Esta operação cria uma oportunidade para pessoas que têm doenças graves, que agora terão a possibilidade de sobrevida com qualidade. Não é um tratamento em massa, mas cria uma esperança para aquele paciente que precisa”, declarou o diretor do Ana Nery que não participou do procedimento, mas ofereceu todo o suporte necessário para que este acontecesse.

“Este procedimento nunca havia sido realizado, porque não havia uma equipe treinada para tanto. Nós conseguimos, através de um esforço grande da Secretaria de Saúde, o governador Rui Costa determinou que nós estruturássemos as equipes de transplante de coração e de pulmão aqui no estado, liberou todos os recursos necessários para que isto fosse feito, garantiu o empenho pessoal dele para que isto pudesse ser realizado, com o empréstimo do helicóptero do governo do estado, que serve a ele, foi toda montada uma estrutura, e os pacientes estão bem. Gostaríamos de poder fazer isto pelo menos uma vez por mês”, pontuou, ao sair do hospital, o secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas.  

 

Formosa News apoia essa causa.

 

Fonte: Nelson Rocha / Tribuna da Bahia

 

Leia mais: https://www.formosanews.com.br/

 

 

 

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode