A informação a todo momento

BRASIL SOFRE PARA ARRANCAR UM EMPATE COM O PARAGUAI

30/03/2016 16:36

Hulk e Daniel Alves ajudaram o Brasil a chegar ao empate

Hulk e Daniel Alves ajudaram o Brasil a chegar ao empate

 

As poucas cadeiras colocadas à disposição da torcida brasileira no Estádio Defensores Del Chaco, na cidade de Assunção, no Paraguai, ficaram quase todas vazias.

A imagem, mostrada na transmissão da TV, na noite desta terça-feira (29/3), era o retrato de que a torcida brasileira desistiu da Seleção, um bando de jogadores sem liderança ou vontade, reunidos em uma equipe sem padrão de jogo, e sob a direção de um técnico fraco.

Os 7 a 1 da derrota para a Alemanha, na Copa de 2014, de nada serviram. Jogando em casa, contra o Uruguai, cedeu o empate após estar vencendo por 2 a 0; fora, foi presa fácil de uma equipe valente, mas limitada. 

Após 6 dos 18 jogos das Eliminatórias o Brasil está em sexto lugar, fora da zona de classificação, e corre o risco de pela primeira vez na história ficar de fora de uma Copa do Mundo.

Na América do Sul, avançam direito à Copa do Mundo os quatro primeiros colocados e o quinto terá de jogar uma repescagem contra um representante da Oceania. 

O jogo

Os primeiros 45 minutos no Defensores del Chaco foram para apagar da memória. Criando muito pouco e sendo facilmente envolvida pela movimentação paraguaia, a Seleção contou com dois milagres do goleiro Alisson para evitar um desastre.

Aos 17, o arqueiro do Internacional se esticou todo para espalmar, no cantinho, uma cabeçada de Aguilar. Pouco depois, mais uma defesaça, esta à queima-roupa numa finalização de Gomez de dentro da pequena área.

Aos 40, porém, não houve nada que ele pudesse fazer quando Ortigoza descolou um passe para Edgar Benítez nas costas de Daniel Alves. O paraguaio cruzou, Roque Santa Cruz deixou passar e Lezcano fechou, encobrindo Alisson com uma batida caprichada: 1 a 0.

As melhores chances do time de Dunga surgiram dos pés de Willian: primeiro com jogada individual, logo aos 4 minutos, terminando em uma batida por cima, e, depois, aos 27, num passe perfeito para Ricardo Oliveira carimbar o travessão.

Ainda melhor no começo do segundo tempo, o Paraguai ampliou a vantagem logo aos 4 minutos. Roque Santa Cruz passou no meio de três marcadores e rolou para Ortiz cruzar para Edgar Benítez. Dentro da pequena área, ele matou a bola já ajeitando e completou na saída de Alisson: 2 a 0. Mais acomodado, o Paraguai passou a dar mais campo para o Brasil, que, apesar do espaço, seguiu perdido, sem conseguir agredir o adversário.

Até que, aos 34 minutos, Villar ajudou a colocar fogo na partida ao rebater para o meio da área um chute de Hulk. Ricardo Oliveira se antecipou ao marcador e descontou: 2 a 1. A partir daí, a Seleção foi só pressão.

Aos 46, Daniel Alves fez grande jogada pela direita, invadiu a grande área e bateu no cantinho do goleiro paraguaio: 2 a 2 e um empate heroico. E foi por pouco que o Brasil não conseguiu a virada, no último minuto, com Filipe Luís e Jonas, mas Villar e, depois, o zagueiro Paulo Silva conseguiram evitar o terceiro gol.

Outros jogos

A seleção da Argentina fez a lição de casa nesta terça-feira ao derrotar a modesta equipe da Bolívia, no gramado ruim do estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba. Se o placar de 2 a 0 não foi dos mais convincentes, garantiu ao menos uma recuperação na tabela. Os argentinos subiram do quinto para o provisório terceiro lugar.

Depois de cinco rodadas com o Equador na ponta, as Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia, tem um novo líder. Pela sexta rodada da competição qualificatória, a seleção do Uruguai derrotou o Peru por 1 a 0 - gol do centroavante Edinson Cavani -, nesta terça-feira, no estádio Centenário, em Montevidéu, e se aproveitou da derrota equatoriana para a Colômbia para assumir a primeira colocação.

Atual campeão da Copa América, o Chile se recuperou bem. Depois da derrota em casa para a Argentina, os chilenos golearam de virada a Venezuela por 4 a 1, no estádio Agustín Tovar, na cidade venezuelana de Barinas, pela sexta rodada da competição qualificatória.

 

 

Fonte: Goal (Tribuna da Bahia)

 

Clique aqui e confira dicas de como combater o mosquito Aedes Aegypti!

 

 

 Formosa News em defesa do combate ao mosquito Aedes Aegypti


 

Leia mais: https://www.formosanews.com.br/

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode