A informação a todo momento

COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR É DISCUTIDA EM UAUÁ-BA

28/04/2016 14:37

O 8º Festival Regional do Umbu de Uauá-BA começa oficialmente na próxima sexta-feira (29), mas a programação que envolve o evento, já foi iniciada. Nesta quarta-feira, (27) representantes de cooperativas da agricultura familiar de várias cidades do estado se reuniram na cidade para a criação da Central de Comercialização da Agricultura Familiar do Território Sertão do São Francisco.

Seis cooperativas – entre elas a Coopercuc- (Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá) participaram da reunião que definiu o estatuto da Central, cotas para cada cooperado e elegeu os membros da diretoria. “A Central de Comercialização reúne as associações e cooperativas que faziam parte da antiga rede Sabor Natural do Sertão, coordenada pelo IRPAA. Todas atuam com extrativismo e beneficiamento de produtos como umbu, nicuri, mel, mandioca e castanha”, disse Sérgio Luiz Amin, representante do Serviço de Apoio Territorial à Agricultura Familiar (SETAF), órgão ligado à Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia.

A proposta da Central de Comercialização é facilitar a venda dos produtos oriundos da agricultura familiar e dar mais visibilidade às cooperativas. A principal ferramenta para que isso aconteça será a instalação do “Armazém da Agricultura Familiar”, programa do Governo do Estado que possibilita que as cooperativas levem os produtos para um local onde eles poderão ser comercializados. “Esses armazéns já existem em várias cidades da Bahia e a base de comercialização da Central de Abastecimento do território Sertão do São Francisco será em Juazeiro. Foi disponibilizado um galpão bem localizado na cidade, onde os produtos das cooperativas da Central serão vendidos tanto para o público em geral como distribuídos para as cidades da região”, completou Sérgio.

Uma das cooperativas com representação no encontro foi a COPROAF – Cooperativa de Produção e Comercialização da Agricultura Familiar do Sudoeste da Bahia, que beneficia o umbu e comercializa geleias e doces para a merenda escolar na cidade de Manoel Vitorino, no sudoeste do estado. A representante da entidade comemora a criação da Central de Comercialização para as cooperativas. “Vai ser muito importante pra nós porque vai trazer novos parceiros e vamos poder aumentar nossas vendas para outras cidades do estado também”, declarou Elenita Maria Souza Silva.

 

 

Fonte: Asscom (Geraldo José)

 

Clique aqui e confira dicas de como combater o mosquito Aedes Aegypti!

 

Formosa News em defesa do combate ao mosquito Aedes Aegypti

 

 

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode