A informação a todo momento

EM MEIO A POLÊMICA, CONCURSO PÚBLICO DE CANUDOS-BA SEGUE E DIVULGA GABARITO

05/04/2016 22:31

Repetições nas questões das provas e alternativas em negrito foram os motivos que levaram a insatisfação e indignação por parte de alguns inscritos no concurso da Prefeitura Municipal de Canudos realizado neste domingo (03/04). De acordo com alguns participantes, algumas questões estavam repetidas nas provas que aconteceriam no período da tarde do mesmo dia.
Muitos candidatos, procedentes da cede e de cidades vizinhas ficaram indignados com a situação e, em frente aos locais das provas, reclamaram da falta de informação por parte da comissão da empresa, sob a responsabilidade do Instituto de Estudo Pesquisas e Desenvolvimento Municipal (IEPDM).


Para Cristiane Maria Santos a questão da prova ser aplicado em horário diferente, é uma prática comum e não ver nada demais, entretanto, desabafa indignada;


"O que não justifica foi à repetição da prova no período da tarde com as mesmas perguntas e algumas outras adicionais, parece piada a falta de competência pela empresa realizadora do exame" e continua "logo de início já dava pra perceber o despreparo, pois lançaram o edital sem data da prova, após lançar a data mudaram, pois constataram que a data escolhida era domingo de páscoa, sem falar na hora da aplicação da prova".


Segundo Cristiane, na sala os candidatos trocavam informações, sendo que no edital estava bem claro que isso causaria a expulsão imediata do candidato do recinto de prova e seria automaticamente desclassificado, pois bem, nada disso ocorreu.


"A sala parecia uma feira livre, digo isso, pois eu mesma presenciei a falta de respeito dos concorrentes e a negação e omissão dos fiscais de sala, que não aplicou uma punição severa contra quem se comportasse de maneira indevida". Finaliza a jovem que prestou concurso almejando a vaga de merendeira.


"Aí você se empolga por ter conseguido um ótimo resultado na prova do concurso de Canudos, mas logo se desaponta com as irregularidades gritantes: pessoas que conseguiram acessar o local das provas mesmo depois dos portões fechados, pessoas que fizeram a mesma prova nos dois turnos, provas com as mesmas questões nos turnos matutino e vespertino, e o mais grave de todos, provas com respostas marcadas em negrito." Informa a professora de Letras Adriana Rehem.


Segundo informações publicadas no Blog de Zebrão a empresa já tem um histórico não muito amistoso com os moradores do município de Coaraci, localizado no sul da Bahia. Há exemplo do concurso público da prefeitura de Coaraci para preenchimento de 143 vagas foi anulado. A decisão foi anunciada após denuncias de plágios contra a empresa Instituto de Estudo Pesquisas e Desenvolvimento Municipal (IEPDM).


Conforme publicação em (11/01/2016), o Plágio atingiu 15 das 20 questões de conhecimentos específicos para o cargo de Enfermeiro, CINCO das 20 questões de Português e pelo menos TRÊS das 20 perguntas específicas para as vagas de Nutricionistas. Na época a anulação foi anunciada pelo advogado da empresa Altamir Alves Júnior.


A Produção do Portal Comunicação em Pauta tentou entrar em contato com a assessoria de comunicação do Instituto de Estudo Pesquisas e Desenvolvimento Municipal (IEPDM), mas não obteve sucesso segundo os atendentes Lucas e Josy, o responsável por nome "Albertone" estava ausente e não tinha outras pessoas para responder pelo mesmo.
Jornalista Márcio Malta/ Drt - 0064935/SP.

 

·         GABARITO PRELIMINAR 

 

 

Fonte: Portal Comunicação em Pauta Por Marcio Malta  (Canudos Acontece)

 

Clique aqui e confira dicas de como combater o mosquito Aedes Aegypti!

 

 

 Formosa News em defesa do combate ao mosquito Aedes Aegypti


 

Leia mais: https://www.formosanews.com.br/

 

 

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode