A informação a todo momento

FORMOSA-BA: BOLETIM METEOROLÓGICO DE SEGUNDA-FEIRA; FERIADO COM TEMPERATURA MÁXIMA DE 34°C DURANTE A TARDE

12/10/2015 09:13

Fotos tiradas as 08h50m

 

De acordo com a Accuweatcher, nessa manhã de segunda-feira (12/10), às 08h41min, Formosa (município de Macururé – nordeste da Bahia) esteve marcado por céu com bastante nuvem e um tempo agradável, com umidade relativa do ar de 59%. Lembrando que a umidade relativa do ar é a água na forma de vapor existente na atmosfera em um determinado momento. Em relação à chance de chuva é de apenas 2% ao longo do dia. A temperatura chegou a atingir 24°C (no horário citado) e uma sensação térmica de 23°C. Os índices UV (Ultravioleta) que mede o nível de radiação solar na superfície da Terra aponta a numeração 2, indicando um nível UV baixo, não havendo necessidade de proteção; lembrando que as 12h os índices devem atingir 7 (alto), havendo necessidade de proteção da pele, sendo que o ideal é a aplicação de filtro solar e colocar um chapéu. Em relação aos ventos, a velocidade predominante ao longo do dia fica em torno de 19 Km/h, com rajadas de até 25 km/h, vindas predominantemente da direção ESE (Lés-sudeste).
A nascente do sol foi às 5h e 15m e o poente será às 17h e 31m.

A temperatura máxima para hoje é de 34 graus e a mínima de 21.

Confira as temperaturas (max/min)  e chances de chuvas em  (%) de algumas cidades baianas:

·         Macururé- 34 max 21 min de temperatura, com 2% de chance de chuva;

·         Canudos- 33 max 20 min, com 1%;

·         Chorrochó- 34 max 21 min, com 1%;

·         Uauá- 33 max 20 min, com 1%;

·         Euclides da Cunha- 31 max 19 min, com 1%;

·         Rodelas- 34 max 21 min, com  1%;

·         Abaré- 36 max 23 min, com 1%;

·         Paulo Afonso- 33 max 21 min, com 44%;

·         Feira de Santana- 31 max 17 min, com 2%;

          Salvador- 28 max 23 min , com 40%.

 

Formosa News, a informação a todo o momento. 



 

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode