A informação a todo momento

FUTEBOL: NO 2º E DECISIVO DUELO DE NORDESTINOS, BAHIA PERDE PARA O SPORT-PE E ESTÁ FORA DA SUL-AMERICANA

27/08/2015 00:16

 

Bahia é goleado pelo Sport e está fora da Sul-Americana

Foto: Ademar Filho / Estadão Conteúdo

A diretoria é nova. A comissão técnica é diferente, assim como grande parte do elenco, mas o desfecho é idêntico. Bahia vence na ida, passa vexame no jogo de volta, perde e novamente cai fora da Copa Sul-Americana. Precisando apenas do empate, após vencer o primeiro jogo, o tricolor baiano decepcionou. Perdeu para o Sport por 4 a 1, na noite desta quarta-feira (26), na Ilha do Retiro, e está fora da competição continental.

Agora, com o foco só na segunda divisão, o Bahia viaja para enfrentar o Mogi Mirim no próximo sábado (29), às 21h, fora de casa.


Jogo

A primeira chance do jogo saiu dos pés do atacante Alexandro, do Bahia. Aos 4, após roubada de bola do volante Gustavo, o camisa 11 tricolor arriscou de fora da grande área e acertou a rede pelo lado de fora. O jogo começou bom. Aos 8, o lateral Marlon falhou e deixou Ferrugem sozinho. O camisa 2 do Sport entrou na área, bateu forte e o goleiro Douglas Pires fez uma linda defesa.


Aos 11, o goleiro do Bahia fez outra intervenção importante. Após cruzamento, o atacante André cabeceou no alto e Douglas Pires mandou para escanteio.  O esquadrão não ficou lá atrás e respondeu à altura.


Marlon, aos 16 minutos, fez belo lançamento e achou Souza dentro da grande área. O camisa 8 dominou, chutou rasteiro e tirou tinta do poste esquerdo. O Sport aproveitava, e muito, o lado esquerdo do Bahia. Maikon Leite, aos 23, avançou com liberdade e fez o cruzamento. Diego Souza ganhou da defesa tricolor e testou no canto esquerdo. Douglas Pires, parado, apenas torceu e viu a bola sair.


O Bahia trocou o posicionamento dos seus atacantes. Recuou Alexandro, que foi obrigado a marcar pela esquerda, e adiantou Kieza, e isso tornou o jogo mais equilibrado. A partir dos 30 minutos, até o intervalo, os dois clubes criaram pouco. Ferrugem e Maxi Biancucchi arriscaram e não assustaram.


A grande oportunidade foi criada aos 42 minutos. Diego Souza entrou sozinho na área, escolheu o canto e chutou rasteiro. Douglas Pires, com o pé direito, defendeu e evitou o primeiro gol da partida. O Bahia também tentou deixar o dele, mas sem sucesso. Souza recebeu cruzamento na área e finalizou por cima da meta.


Sport sai na frente

No intervalo, para dar mais velocidade ao time, o treinador Eduardo Baptista realizou uma mudança. Tirou o meia Marlon e colocou o rápida Élber. Apesar da alteração, o time da casa abriu o placar na jogada de bola parada.
 

Aos 5, Diego Souza cobrou falta na grande área e o volante Rithelly, mesmo com apenas 1,72m, ganho de Souza na altura e cabeceou no canto esquerdo. Douglas Pires pulou, mas não conseguiu evitar: Sport 1x0. A vantagem do Sport quase foi ampliada aos 10 minutos, com Maikon Leite. Ele fez jogada individual, entrou na área e acertou o companheiro André.

Sport e Bahia chegaram com perigo. O leão, com André, finalizou de fora e assustou Douglas Pires. No minuto seguinte, aos 20, o volante Souza foi até a linha de fundo e tocou para área. Maxi Biancucchi antecipou ao marcador e mandou por cima da meta.

Bahia empata

O Bahia não estava, mas conseguiu chegar ao empate. Tiago Real recebe passe de Marlon e, de cabeça, toca para Maxi Biancucchi. O argentino driblou Durval, bateu de esquerda e deixou tudo igual em Recife: 1x1.

Gol do Sport e expulsão de Thales

O gol tricolor não abateu o Sport. Logo após o empate, o time da casa criou uma excelente chance. Maikon Leite bateu de fora da grande área e o goleiro Douglas Pires espalmou. No rebote, o centroavante Hernane finalizou sem marcação e mandou para fora. O camisa 9 se redimiu logo depois. Após cruzamento, o zagueiro Durval ajeitou e Hernane, de primeira, empurrou para o fundo da rede: Sport 2 x 1.

O Bahia, que estava se classificando com a derrota por 2 a 1, ficou com 10 homens em campo. O zagueiro Thales, em jogada violenta, entrou de sola no centroavante Hernane e foi expulso diretamente. 

Terceiro do Sport
O zagueiro Gabriel errou feio. Furou na área e deixou a bola nos pés de Élber. O camisa 7 aproveitou o espaço e finalizou para fazer o terceiro gol do Sport na partida, o gol da classificação. A vantagem pernambucana só não ficou maior graças a Douglas Pires. O goleiro, aos 45, brilhou novamente e defendeu o chute de Élber, que estava sozinho na grande área.


No fim, em outro vacilo defensivo, Hernane entrou na área e escolheu o canto. Bateu rasteiro no canto esquerdo e cravou a goleada: 4x1.

FICHA TÉCNICA:

Copa Sul-Americana - VOLTA

Sport x Bahia

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)

Data: 26/08/2015

Horário: 22h

Árbitro: Roberto Tobar (CHI)

Auxiliares: Francisco Mondria e CLáudio Rios (CHI)
Cartões: André, Wendel, Renê (Sport)
Cartão vermelho: Thales (Bahia)

Gol: Rithelly, Hernane (2x), Élber /  Maxi Biancucchi

Sport: Magrão; Ferrugem (Wendel), Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Rithelly, Marlone (Élber) e Diego Souza; Maikon Leite e André (Hernane).Técnico: Eduardo Baptista.


Bahia: Douglas Pires; Thales, Robson (Zé Roberto)), Jailton e Marlon; Pittoni, Souza e Gustavo (Tiago Real); Maxi Biancucchi (Gabriel), Kieza e Alexandro.Técnico: Sérgio Soares.

 

Formosa News, a informação a todo o momento. Fonte: Bahia Notícias.

 

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode