A informação a todo momento

I FESTA LITERÁRIA DE UAUÁ É INAUGURADA COM PROSA, ARTE E POESIA

20/11/2019 18:38

Image

Cidade histórica, palco da primeira batalha da Guerra de Canudos, o município de Uauá (a 427 km de Salvador) sediou no último final de semana a I Feira Literária de Uauá (FLIU). O evento, que contou na abertura com a presença do secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues, teve uma programação inteiramente gratuita, em vários locais da cidade, com atividades como rodas de conversa, saraus, shows musicais, exposição de trabalhos de estudantes da rede municipal, teatro, oficinas, artes visuais, filmes e atividades para o público infantil (FLIUZINHA).

O secretário Jerônimo Rodrigues, que é professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), disse ao público da FLIU que a Secretaria da Educação do Estado está incentivando, cada vez mais, a realização de feiras literárias em toda a Bahia e destacou a importância desta ação estratégica. “Faz parte de uma estratégia de parceria entre as secretarias da Educação (SEC) e Cultura (SECULT), além da Fundação Pedro Calmon, com as festas literárias. Isto porque tem brotado da própria comunidade, dos municípios, das escolas, sejam estaduais ou municipais, e a gente entende que as feiras são espaços para fortalecermos o gosto pela leitura, o gosto pela interpretação do que o autor quer dizer. Temos uma Lei Estadual do livro e da leitura e queremos que isto se configure em uma força, uma dinâmica, em uma coisa viva e que essas feiras possam tomar corpo e que a gente possa ter um calendário estadual dessas festas”, afirmou.

A partir da parceria com a SECULT e a Fundação Pedro Calmon, acrescentou o secretário Jerônimo, já são, aproximadamente, 40 festas literárias cadastradas na Bahia. “E queremos mais. Já participamos de umas oito ou nove festas e na próxima semana teremos a de Canudos. Esperamos que possamos deslanchar nesta primeira edição da Feira Literária de Uauá”.

Parcerias e homenagem – Sob a curadoria do poeta, cantador e pedagogo em formação Maviael Neto, a feira é realizada pela Prefeitura de Uauá e Uauá Projetos Criativos, com patrocínio do Governo do Estado da Bahia, por meio das secretarias de Turismo/Bahiatursa, de Desenvolvimento Rural/CAR, de Educação e da Cultura/Fundação Pedro Calmon, além do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (COOPERCUC) e do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA).

Nesta primeira edição, a FLIU está homenageando o professor, historiador, escritor, poeta e roteirista Manoel Neto, que recebeu o título de cidadão uauaense em reconhecimento ao seu envolvimento com o município e toda a região. Coordenador do Centro de Estudos Euclides da Cunha (CEEC/UNEB), Manoel Neto é considerado uma das mais respeitadas autoridades acadêmicas da Bahia sobre a temática de Canudos.

 

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Clique aqui para seguir nossa página no Twitter.

Clique aqui para seguir nossa página no Instagram.

 

Fonte: Consed.

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode