A informação a todo momento

MORRE EM PETROLINA-PE IDEALIZADOR DE TRADICIONAL EVENTO DE FORRÓ EM CURAÇÁ-BA

14/11/2015 12:27

charles félix

Morreu nessa sexta-feira (13) em Petrolina-PE o empresário Charles Félix, organizador do ‘Forró na Sombra do Juazeiro’, tradicional evento que acontece todos os anos na localidade de Poço de Fora, em Curaçá, no norte da Bahia.

Segundo informações, o empresário – que tinha 40 anos – morreu vítima de um infarto, após se sentir mal e ser encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento Especializado (UPAE).

Vários amigos de Charles manifestaram pesar através das redes sociais. O jornalista Dadau Barbosa relembrou o último encontro que teve com ele. “Meu Jesus… Difícil acreditar. A gente conversava tanto semana passada, ele sempre tão atencioso, me convidava para o backstage da gravação do DVD de Flávio Leandro…. Um homem cheio de planos e tão jovem. Um coração tão cheio de sonhos e esperança, o mesmo que o tornou vitima de um infarto agora no comecinho da noite! Deus te acompanhe parceiro Charles Félix. Sei que vc vai continuar defendo a essência da raiz nordestina, através do forró, lá por cima. Deixou uma grande lembrança, que merece ser preservada para homenageá-lo, todo ano, o Forró na Sombra do Juazeiro, em Poço de Fora”, destacou Dadau.

E por falar em Flávio Leandro, o poeta-cantador também lamentou a morte do amigo. Através das redes sociais ele disse que tinha Charles como um irmão.

Charles, um irmão que chegou em minha vida pelo melhor caminho, o da música. Nos últimos anos, abraçou minha carreira, como quem protege um filho. Vibrou, cantou, pulou, sonhou, sonhou, sonhou…Montou a Félix Produções com todo o capricho que estava ao seu alcance com o fim único de fortalecer nossa caminhada. Idealizamos o projeto do Dvd e ele arregaçou as mangas. Sabedor que era que sucesso é irmão legítimo do suor. Suamos, mas, na tarde do dia 8, encontrei um Charles irradiante. Feliz, pelo sucesso da nossa empreitada. Durante toda a semana, passei em todos os perfis das pessoas que nos ajudaram e gritei ao mundo o valor de suas contribuições no nosso caminhar. Deixei Charles e Emerson por último, por saber que iríamos nos reunir amanhã e eu poderia dar um abraço bem grande e num grande aperto de mão dizer: muito obrigado meu irmão, por tudo! Amanhã, nos encontraremos, mas o abraço, o aperto de mão, o papo agradável, tudo,…, serão substituídos por um Adeus. É inacreditável… Perdi um irmão e a música nordestina, um parceiro, sem tamanho. O Forró na Sombra do Juazeiro, perdeu seu som”, descreveu Flávio Leandro.

Ainda não há informações sobre local do velório e horário do sepultamento de Charles Félix.

 

Formosa News apoia essa causa.

 

Fonte: Carlos Britto (Foto/reprodução Facebook)

 

Leia mais: https://www.formosanews.com.br/

 

 

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode