A informação a todo momento

PESCADORES DE CANUDOS-BA COMEMORAM A CHEIA DO AÇUDE DE COCOROBÓ

27/02/2016 16:19

Pescadores/as de Canudos comemoram a cheia do açude de Cocorobó

Depois de vários meses em baixa, as águas do açude de Cocorobó, no município de Canudos (BA), agora estão quase transbordando devido as últimas chuvas que caíram na região. Após um quadro preocupante ocasionado pela estiagem dos últimos anos, agora o volume de água do açude está em torno de 90% de sua capacidade. Isso tem provocado alegria tantos dos/das agricultores/das dos perímetros irrigados como também dos/das pescadores/as da região de Canudos.

O açude de Cocorobó, que encobre a Canudos de Antônio Conselheiro destruída pelo Exército em 1897, foi construído pelo Governo Militar em 1969 por meio de Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs).

O pescador Evaldo da Silva, presidente da Colônia de Pesca de Canudos, disse que com o aumento do volume de água, muitas espécies de peixes estão se reproduzindo por todo o açude e que, em poucos meses, essas espécies vão continuar se reproduzindo ainda mais. Evaldo diz que, com o grande volume de água, não é possível praticar a pesca predatória com arpão como vinha acontecendo quando o açude estava muito seco, fato que também contribui para o aumento das espécies como: tilápia, tucunaré, traíras, dentre outras, como está ocorrendo agora. Evaldo diz ainda que cada pescador consegue extrair do açude, uma média de 3 a 4 quilos de peixe por dia, o suficiente para alimentar sua família.

A Prefeitura de Canudos que está fazendo limpezas na calha do rio Vaza Barris também contribui com o aumento do volume de água do açude, facilitando a atividade dos/das pescadores/as e dos produtores de banana, principalmente dos perímetros da região conhecida como agrovila 150.

Texto: Vanderlei Leite (Colaborador do Irpaa em Canudos)

 Foto e edição: Comunicação Irpaa

 

 

Clique aqui e confira dicas de como combater o mosquito Aedes Aegypti!

 

 

Formosa News em defesa do combate ao mosquito Aedes Aegypti

 

Leia mais: https://www.formosanews.com.br/

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode