A informação a todo momento

SEMIÁRIDO: PREFEITOS E SECRETÁRIOS DISCUTEM IMPLANTAÇÃO DE CONSÓRCIO DE SAÚDE

13/11/2015 12:03

A implantação de um consórcio de saúde e uma policlínica na região foi pauta de uma reunião, realizada nesta quinta-feira (12), no Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf).  O coordenador dos Consórcios de Saúde, Nelson Portela, expôs o projeto de iniciativa do governo do estado aos gestores presentes que puderam tirar dúvidas a cerca dos benefícios e custos da policlínica. A reunião contou com a presença dos prefeitos Isaac Carvalho, Juazeiro; Wilson Freire, Casa Nova. Delaneide Borges, Campo Alegre de Lourdes, Olímpio Cardoso, Uauá, o prefeito de Sobradinho e presidente do Constesf, Luiz Vicente Berti e representantes das secretarias de saúde de Casa Nova, Remanso, Canudos e da secretaria de saúde do estado.

O objetivo do consórcio de saúde é ampliar a oferta de serviços especializados aos usuários do SUS, através de ações de saúde pública assistencial, oferecendo um atendimento amplificado, mediante prestação de serviços especializados de média e alta complexidade. De acordo com Portela, o projeto traz aos municípios a possibilidade de ter uma oferta maior no atendimento de média complexidade e uma resolutividade nos serviços assistenciais dividindo despesas, bem como uma redução nos gastos com saúde em serviços médicos especializados.

“Alguns municípios da nossa região não têm hospital, então o consórcio de saúde beneficiaria com atendimentos especializados que não existem nesses municípios. De modo geral, a policlínica melhoraria o atendimento à saúde de todo o território”, explicou o prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho. De acordo com o projeto apresentado, a construção e equipamentos para a policlínica serão custeados pelo estado, sendo, as despesas com a manutenção, arcadas pelo estado e municípios.  Foi estabelecido que 40% dos custos com manutenção serão de responsabilidade do estado e 60% serão divididos entre as prefeituras, considerando a população de cada município.

“A policlínica vai atender exames e especialidades e nós estamos precisando disso o mais rápido possível. Então, o que a gente quer agora é avançar com esse projeto, a fim de ter resolutividade nos nossos serviços de saúde. Nós precisamos avançar com o consórcio de saúde, nós não podemos ser contra porque a nossa população está precisando dessas ações”, salientou, Luiz Vicente Berti. O projeto do consórcio de saúde e implantação da policlínica no Território do São Francisco será discutido com as câmaras municipais.  Segundo Portela, o governo do estado pretende implantar em todo o estado 28 consórcios de saúde e 28 policlínicas até 2018. 

 

 

Formosa News apoia essa causa.

 

Fonte: Ascom Constesf (Geraldo José)

 

Leia mais: https://www.formosanews.com.br/

 

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode