A informação a todo momento

SENADO AFASTA DILMA ROUSSEFF POR 180 DIAS E MICHEL TEMER ASSUME PODER

12/05/2016 06:53

Senado aprova abertura de processo de impeachment de Dilma Rousseff

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

 

A sessão durou quase 20 horas. Em seu lugar, assume o vice-presidente Michel Temer, do PMDB, que prevê fazer um pronunciamento à Nação nesta quinta-feira (12/5), com as principais diretrizes do seu governo.

Ele prometerá a retomada do crescimento econômico e abertura de um grande diálogo nacional.

55 senadores votam favoráveis ao afastamento, e 22 contrários ao afastamento da presidente.

O relator do processo de impeachment, Antonio Anastasia (PSDB-MG), foi o último senador a discursar em plenário nesta manhã. Ele defendeu seu parecer e a abertura do processo contra Dilma Rousseff. "Temos, de maneira muito clara, indícios suficientes para a abertura de processo contra Dilma", alegou o relator.

O senador reiterou as denúncias que aceitou em seu relatório, que são a abertura de créditos suplementares e as operações de crédito do Tesouro com bancos públicos. No segundo caso, Anastasia chegou a ler em plenário a transcrição de um discurso da presidente, em que ela dizia que a Caixa Econômica pertencia ao governo federal, mas quando o governo atrasava os pagamentos, era "pago com juros". 

O tucano também mencionou, na abertura de seu discurso, a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, que se recusou a interferir em questões do juízo do processo e reiterou a independência do Senado no julgamento.

 

Fonte: Tribuna da Bahia

 

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode