A informação a todo momento

VISITA DE INTERCÂMBIO SOBRE EMPREENDIMENTOS DA AGRICULTURA FAMÍLIA É REALIZADA NA REGIÃO DE UAUÁ E JUAZEIRO, NO SERTÃO DA BAHIA

08/04/2016 22:23

Visita de intercâmbio sobre empreendimentos da agricultura familiar é realizada na região de Juazeiro e Uauá, no Semiárido da Bahia

Entre os dias 05 e 08 de abril foi realizada, na região de Juazeiro e Uauá, no Semiárido da Bahia, uma visita de intercâmbio sobre empreendimentos da agricultura familiar. Participarão da iniciativa técnicos de projetos apoiados pelo Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA) no Brasil: Dom Helder Câmara (MDA/SDT), que contempla seis estados do Nordeste, Pró-Semiárido (Bahia), Paulo Freire (Ceará), Procase (Paraíba), Viva o Semiárido (Piauí) e Dom Távora (Sergipe); além de representantes de organizações da agricultura familiar com as quais esses projetos pretendem elaborar planos de negócios. A atividade será realizada pela Procasur, no âmbito da parceria com o Programa Semear (FIDA/IICA/AECID).

A visita de intercâmbio tem o objetivo de promover um espaço de troca de saberes, compartilhamento de boas práticas, aprendizagem, reflexão e debate sobre a elaboração de planos de negócios para empreendimentos da agricultura familiar a partir da experiência do território de abrangência do Pró-Semiárido, na Bahia, que engloba a Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc) e a Associação Comunitária Agropastoril de Curral Novo e Jacaré, em Massaroca, Juazeiro – empreendimentos anfitriões, vinculados à Rede Sabor Natural do Sertão.

O tema foi sugerido por projetos apoiados pelo FIDA no Brasil que estão em fase de elaboração dos planos de negócios, a exemplo do Viva o Semiárido, do Piauí.

O plano de negócios é uma ferramenta de planejamento utilizada para reduzir riscos de insucesso e analisar a viabilidade dos empreendimentos. Dessa maneira, deve ser alinhado às especificidades de cada iniciativa da agricultura familiar, considerando as singularidades dos negócios rurais.

Por trazer informações sobre concorrência, cenários de consumo, comercialização e potenciais consumidores, sinalizando estratégias para se alcançar o objetivo proposto, o plano de negócios contribui para a sustentabilidade dos empreendimentos.

Os cenários econômicos, ambientais, sociais, políticos e culturais, fundamentais para a construção do planejamento, podem mudar, com o passar do tempo. Sendo assim, o plano deve ser dinâmico, sendo revisitado e atualizado sempre que necessário.

Daniel Ferreira, consultor da Procasur, destaca que durante as atividades os participantes terão a oportunidade de visitar e conhecer experiências de empreendimentos da agricultura familiar em diferentes estágios de desenvolvimento: “Pretendemos proporcionar aos participantes uma metodologia compatível para que elaborem planos de negócios adequados para cada situação”.

Sobre as experiências a serem visitadas

A Coopercuc iniciou suas atividades em 2004. Desde então, vem desenvolvendo um trabalho voltado ao fortalecimento da agricultura familiar a partir de atividades como produção, beneficiamento e comercialização de produtos derivados de frutas nativas da Caatinga, como o maracujá do mato e o umbu. Manga, banana e goiaba também são utilizadas na produção de doces (cremosos, em compotas, de corte, lights), sucos, geleias e polpas.

Gerenciada por seus cooperados, entre eles jovens e mulheres – elas são a maioria - a Cooperativa chama a atenção pela comercialização e pelo acesso aos mercados locais e nacional. Isso, sem dizer das grandes redes varejistas, dos mercados institucional e internacional. Além de vender para todo o Brasil, a Coopercuc exporta seus produtos para Áustria, França e Itália.

Primeira Unidade de Beneficiamento de Frutas em funcionamento em Juazeiro, a Associação Comunitária Agropastoril de Curral Novo e Jacaré foi inaugurada em 2012 com a proposta de promover geração de renda, buscando assegurar a sustentabilidade da Caatinga por meio do manejo e do beneficiamento de frutas nativas. Entre os produtos comercializados estão doces, sucos e geleias.

 

Texto: Núcleo de Comunicação do Programa Semear com informações da Procasur (Irpaa)

 

Clique aqui e confira dicas de como combater o mosquito Aedes Aegypti!

 

 

Formosa News em defesa do combate ao mosquito Aedes Aegypti

 

Leia mais: https://www.formosanews.com.br

 

Voltar

Pesquisar no site

© 2015 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode